Editora Posto Seis

Editora Posto Seis
Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1.133 loja 111
Cep. 22070-010 - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: (21) 2523-7853 - Fax: (21) 2521-9597

Editorial | Publicidade | Jornais de Bairros | Mapa Turístico | Contato

Jornal Posto Seis

Edição 406. Clique para ampliar...

Especiais Posto Seis

Edição 2014-12 Natal. Clique para ampliar...

Jornal Via Ipanema

Edição 87. Clique para ampliar...

Jornal Via Flamengo

Edição 93. Clique para ampliar...
SurfRio
Solar Meninos de Luz

Últimas Notícias


27/03/2015:
Etapa do Circuito Light Rei e Rainha do Mar é adiada
Leia mais...
27/03/2015:
Música no Museu divulga programação mensal
Leia mais...
27/03/2015:
Av. Epitácio Pessoa terá desvio de trânsito para construção de acesso do metrô
Leia mais...
26/03/2015:
Planetário da Gávea recebe terceira edição da Feira Carioquíssima
Leia mais...
26/03/2015:
Por Dentro da TV
Leia mais...
25/03/2015:
Rio Boat Show traz inovação com Casa Flutuante
Leia mais...
24/03/2015:
Festival Curta com Teatro inicia terceira temporada em Copacabana
Leia mais...
19/03/2015:
Circuito Cultural leva cariocas e turistas a sete atrações do Rio gratuitamente
Leia mais...

Circuito Rei e Rainha do Mar agita praias do Leblon e Arpoador

Confira a história da prova que atrai centenas de nadadores

 Fonte: Site Rei e Rainha do Mar / Adaptação Priscila Santos


Créditos: Ricardo de Jesus/Divulgação

O Rei e Rainha do Mar nasceu em 2008, a partir do Desafio do Leme ao Pontal; uma prova de natação no mar, com um percurso de 35km, que separa a praia do Leme à praia do Pontal. O atleta Luiz Lima completou o desafio e finalizou essa longa travessia aquática, considerada uma das maiores já realizadas no Brasil. Por este fato é, até hoje, considerado o Rei do Mar.

Após o sucesso deste desafio, a Effect Sport lançou no ano seguinte, o evento chamado Rei do Mar. Este acontecimento consagrou o circuito que mais tarde se tornaria o maior festival de esportes de praia do Brasil.

O Rei do Mar foi dividido em duas provas diferentes: a "Travessia", voltada para atletas amadores, e o "Desafio", para atletas profissionais. Em 2009, a competição foi realizada no Posto 6, da Praia de Copacabana, e eleita como uma das melhores do ano pela revista norte-americana Swimming World. O formato que separa etapas específicas entre amadores e profissionais prevalece até hoje.

O ano de 2010 foi extremamente marcante na história do Rei do Mar. Com grande adesão dos fãs de natação em águas abertas, o "Desafio" recebeu também as "rainhas" do mar. O circuito passou a se chamar então, Rei e Rainha do Mar (RRM). Além disso, pela primeira vez, ofereceu três etapas amadoras durante o ano, sendo que a última delas, em dezembro, incluiu outro dia para o "Desafio Elite", onde os maiores nomes da natação mundial estão presentes. Neste mesmo ano, foi também a primeira vez que o RRM realizou uma etapa internacional, sediada em Portugal. Naquele momento, o evento atingiu reconhecimento em outros países.

Em 2011 ocorrem algumas mudanças nas provas e na realização da competição. A primeira etapa teve um novo cenário e foi realizada nas praias do Leblon ao Arpoador. Também foi adicionada uma nova prova de natação no mar, com distância de 3km; percurso que reviveu o extinto "Desafio Samoa", um dos mais tradicionais eventos de maratona aquática em águas cariocas da década de 80. O Rei e Rainha do Mar 2011 contou com a participação de mais de 1.500 mil atletas e foi um sucesso de público.

No ano de 2012, entraram para o Circuito duas novas provas: Beach Run e a SUP Race; a primeira adicionou corrida, com uma distância de 5km na areia, e a segunda com opções de 4km e 11km de remada no Stand Up Paddle. Com a entrada das novas modalidades, o Rei e Rainha do Mar é coroado como o maior festival de esportes de praia do Brasil, status consolidado em 2013, quando mais de 10 mil adeptos participaram do evento.
Em 2013, os atletas profissionais tiveram a oportunidade de competir no mesmo local onde a prova de maratona aquática dos Jogos Olímpicos de 2016 acontecerá.

No último ano, todas as etapas do circuito bateram recorde de inscrições. Na primeira, a prova do Leblon ao Arpoador recebeu 3.100 mil atletas no total, e todas as outras fecharam as inscrições com vagas esgotadas. O aumento foi de 40% das inscrições em relação ao ano anterior. Além disso, o circuito recebeu representantes de 22 estados brasileiros.

Na segunda fase de 2014, 3.500 mil atletas estiveram presentes na Praia de Copacabana. E na etapa final, que aconteceu em dezembro, um novo recorde, com 3.800 mil atletas inscritos para a competição.

Também em 2014, o evento passou a fazer parte do World Open Water Swimming Series (WOWSS) - uma série que reúne as 13 melhores competições em águas abertas do planeta. O Rei e Rainha do Mar é o único representante da América do Sul.

Durante toda a sua existência, o projeto Rei e Rainha do Mar buscou realizar ações e parcerias que visam difundir a importância do desenvolvimento sustentável, da prática esportiva voltada ao bem-estar e inclusão social. A organização ampliou consideravelmente as ações socioambientais promovidas em cada etapa e desenvolveu provas específicas para pessoas com deficiências (PCDs). A expectativa dos organizadores do evento é que as parcerias continuem crescendo, e assim, contribuindo para uma maior conscientização dos atletas e fãs dos esportes de praia do Brasil.

Conheça um pouco mais as modalidades do Rei e Rainha do Mar

Beach Biathlon
Idealizado em 2010, ocorreu na 2ª etapa do Rei e Rainha do Mar, o Beach Biathlon nasceu inspirado nos participantes triatletas. Essa modalidade foi desenvolvida em parceria com a FTERJ (Federação de Triathlon do Estado do Rio de Janeiro), a prova, que inicialmente teve caráter promocional, fez tanto sucesso, que entrou de vez para o Circuito Rei e Rainha do Mar. No dia da competição a largada vai ser as 8h e os atletas devem chegar uma hora antes. O percurso é de 1 km de natação no mar e 2,25 km de corrida na areia.

Stand Up Paddle (SUP)
Atualmente, o Stand Up Paddle (SUP) é o esporte com prancha que mais se desenvolve no mundo. O motivo é bem fácil de entender: além de possibilitar uma grande integração com a natureza, para ser praticada a modalidade só depende das pranchas e do mar. Outro grande potencial do esporte é que ele pode ser praticado por pessoas de todas as idades. O competidor pode escolher entre 2 km, 6 km e 12 km e a largada será realizada na Praia do Leblon, Posto 12.

Beach Run
Com o objetivo de promover um evento cada vez mais versátil, o Rei e Rainha do Mar criou, em 2012, a prova Beach Run, especial para quem prefere ficar na areia ao invés de se aventurar nas braçadas no mar. A corrida é a primeira prova do dia e tem o percurso total de 4,5km, parte feito na areia fofa e parte na areia dura.

Challenge
Além de ser a mais popular, a prova Challenge é a mais longa do circuito e a mais desafiadora para os atletas. A maior travessia em águas abertas do Rei e Rainha do Mar terá a sua largada na praia do Arpoador e chegada na praia do Leblon. Nesta modalidade, o percurso é de 3,5 km de natação no mar com largada às 8h do Arpoador e chegada no Leblon.

Classic
Depois de alguns anos fora do Circuito Rei e Rainha do Mar, e de incontáveis solicitações para que a prova Classic voltasse a fazer parte do evento, na última etapa 2013 ela voltou. São 2 km de natação no mar, numa das praias mais belas da cidade.

Sprint
Assim como o Beach Biathlon, o Sprint nasceu na 2ª etapa do Rei e Rainha do Mar em 2010, na Praia de Copacabana. A prova foi criada para atender aos pedidos dos nadadores por um percurso mais curto. A modalidade tornou-se a prova mais democrática do evento, proporcionando a participação de atletas de diferentes níveis técnicos. O percurso é de 1km de natação no mar.



FaceBook...
Flickr...
Mantenha-se informado:
 
Rio Turístico...
Turismo...
Resumo das Telenovelas...
Comunidade...
Gourmet...
P6 Saúde...
Mapa de Copacabana (1.3Kb)
Clique para fazer o download...
Mapa de Ipanema (1.4Kb)
Clique para fazer o download...
Locais de Distribuição:
CLIQUE AQUI!
 
Compras Coletivas...
Compartilhe...
Compartilhe...
Compartilhe...
Compartilhe...
Industria Virtual...

Os textos assinados são de responsabilidade dos autores,
que os cederam gentilmente e podem não refletir a opinião do editor.