top of page

Prefeitura divulga a programação do réveillon de Copacabana

Com informações da Riotur

A Prefeitura do Rio divulgou os detalhes do réveillon de Copacabana. Confira:


Interdições no trânsito

No dia 31 de dezembro, os bloqueios em Copacabana e no Leme começam a partir das 7h, com a interdição da pista da Avenida Atlântica junto à orla, como ocorre nos fins de semanas e feriados. Às 16h, estará totalmente interditada nos dois sentidos. Às 19h30, haverá o fechamento de todos os acessos ao bairro, com exceção de ônibus e táxis que só poderão ter acesso a Copacabana até às 22h. O estacionamento estará proibido em toda a extensão da Avenida Atlântica e nas suas vias de acesso e saída a partir das 18h de sexta-feira (30/12).


A partir das 5h, do dia 1º, os acessos à Copacabana serão liberados para todos os veículos. No entanto, a Avenida Atlântica, em ambas as pistas, continuará interditada. A partir das 10h, a pista das edificações da Avenida Atlântica será aberta e funcionará com a mão invertida, como ocorre aos domingos e feriados.


Shows

Nesse ano, serão montados dois palcos no bairro Confira a programação de cada um:


Copacabana – em frente ao Copacabana Palace

DJ Marcson Muller

DJ MMarques

Iza

Alexandre Pires

Zeca Pagodinho

Bateria da Grande Rio


Palco Carioca – em frente à Rua Santa Clara

Mart’nália

Bala Desejo

Gilsons

Preta Gil

Bateria da Beija-Flor

DJS


Fogos

O maior Réveillon do mundo terá uma queima de fogos inédita, com bombas mais modernas e tecnológicas. Na chegada de 2023, à meia-noite, o céu de Copacabana se iluminará com um espetáculo de 12 minutos de fogos piromusicados. Em uma apresentação ainda mais potente, terá grafismos inéditos e mais tecnologia, com brilhos e cores.


No total, serão dez balsas, com um distanciamento de 25 metros entre elas. O sistema de disparo é de conexão via GPS, que monitora e aciona cada uma delas.


Serviços públicos

O Réveillon 2023 contará com a atuação de 30 órgãos públicos para garantir a fluidez da festa. Serão 195 profissionais da CET-Rio para coordenador o trânsito nas ruas e mais de 1.500 agentes e guarda municipais para ações de ordenamento e apoio ao trânsito. Os festejos contarão com mais de 4.456 garis, o maior efetivo da história. Só em Copacabana serão quatro postos médicos, 144 profissionais de saúde e mais de 30 ambulâncias para atendimentos. Toda a logística será monitorada pelas novas telas do Centro de Operações, que está em expansão.


Transportes

A partir das 19h30, até às 22h, só poderão circular por Copacabana ônibus e táxis. As linhas de ônibus e táxis que passam pelo Aterro do Flamengo só poderão usar a via até às 22h. Após esse horário, somente as linhas que funcionarão no Terminal Botafogo terão acesso à Enseada de Botafogo.


Haverá dois terminais de ônibus para embarque, a partir das 22h. Um na Enseada de Botafogo, próximo ao Botafogo Praia Shopping, para quem vai para o Centro, Rodoviária e alguns bairros da Zona Norte (Muda, Usina, Méier, Jacaré, Penha e Ilha do Governador). O outro terminal fica em Ipanema, com embarque na Avenida Vieira Souto e na Rua Prudente de Morais, com ônibus convencionais e executivos para bairros da Zona Oeste: Barra da Tijuca (Terminal Alvorada), Cidade de Deus, Recreio, Pechincha, Piabas, Santa Cruz e Campo Grande.


O BRT funcionará nos horários habituais de sábado e de domingo. Os serviços serão reforçados das 16h às 22h, do dia 31, e das 4h às 10h, do dia 1º.


Confira aqui os trajetos das linhas de ônibus que circularão na noite do Réveillon nas proximidades da festa de Copacabana e as linhas do BRT.


Saúde

A festa de Copacabana contará com quatro postos médicos equipados e preparados para o atendimento a casos de urgência e emergência, funcionando das 17h30 do dia 31 às 5h do dia 1º de janeiro. Os postos estarão localizados ao longo da Avenida Atlântica, na altura das ruas Princesa Isabel, República do Peru e Bolívar, e da Praça do Lido. As unidades estão preparadas com recursos assistenciais para eventos com múltiplas vítimas e para pacientes que apresentarem situações de urgência, como mal-estar, traumas, cortes, etc.


Cada posto terá área física em torno de 200 metros quadrados, leitos clínicos e outros com suporte avançado (com respirador, monitor, etc) e poltronas de hidratação, além de equipamentos, instrumentos e medicamentos para o atendimento de emergência.


A equipe assistencial contará com 144 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Em casos mais graves que necessitem de remoção, unidades de referência estarão preparadas para receber os pacientes na Zona Sul (Hospital Municipal Miguel Couto e CER Leblon), Zona Norte (Hospital Municipal Salgado Filho), Zona Oeste (Hospital Municipal Lourenço Jorge) e na área central da cidade (Hospital Municipal Souza Aguiar e CER Centro). Para isso, haverá 30 ambulâncias com suporte de UTI móvel, cada uma com equipe própria.


Comlurb

O Réveillon 2023 espalhado por toda a cidade contará com 4.456 garis, o maior efetivo da história, distribuído em todos os pontos de festejo. Eles vão trabalhar com o apoio de 171 caminhões, entre compactadores e basculantes, 20 pipas d ́água para lavagem das vias com água de reuso e mais 67 equipamentos, como pás mecânicas, mini pás, varredeiras de médio porte e tratores de praia com implementos traseiros para peneiramento da areia.


No dia 31, será realizada a pré-limpeza com 376 garis e apoio logístico de caminhões compactadores e vans. A Companhia terá quatro pontos de coleta seletiva: entre as Ruas Francisco Sá e Souza Lima, em frente à Rua Santa Clara, em frente à Avenida Prado Júnior, e em frente à Rua Anchieta.


Em Copacabana, a partir das 6h do dia 1°, 1.521 garis vão atuar, com o apoio de 73 veículos e 24 equipamentos. As vias e as calçadas estarão limpas até às 10h do primeiro dia de 2023.


A operação de Réveillon da Comlurb também estará presente em outros pontos da orla, como: Flamengo, Ipanema, Leblon, São Conrado, Barra da Tijuca, Recreio, Prainha, Grumari, Praia de Sepetiba, Praia de Barra de Guaratiba, Praia da Bica na Ilha do Governador, Paquetá e Piscinão de Ramos. Locais como Parque Madureira, Praça Santa Emiliana, na Penha, e Estádio Moça Bonita, em Bangu, também receberão a operação especial de limpeza. Para esses 16 pontos, serão disponibilizados 2.559 garis, que farão o serviço com o apoio de 118 veículos e 43 equipamentos.


Ordem Pública e Guarda Municipal

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) vai contar com oito bases de apoio em Copacabana, sendo uma fixa, e as demais com carros ou motos de apoio, além do patrulhamento ostensivo do Forte de Copacabana até o Leme. Serão 1.517 agentes em ações de ordenamento urbano e de trânsito.


Serão coibidos ambulantes e carros estacionados de forma irregular, para proporcionar maior fluidez nas ruas e calçadas do bairro. Os agentes também vão fiscalizar os ambulantes fixos nas faixas de areia, remover veículos piratas, realizar o atendimento às pessoas em situação de rua, além de manter a ordem e segurança dos passageiros nas viagens de BRT com destino às praias.


O efetivo atuará em turnos, a partir das 7h do dia 31 até o dia 1º de janeiro. Do total de agentes, 355 serão empregados exclusivamente no monitoramento e fiscalização do trânsito.


O esquema contará com apoio de 124 viaturas, entre carros e motos, dez reboques. Serão 95 postos de atuação da Guarda Municipal na orla e vias de acesso do bairro de Copacabana, com atenção especial a pontos de bloqueio e suporte no entorno dos postos médicos. Na Enseada de Botafogo, onde haverá estacionamento para os ônibus, será realizado patrulhamento motorizado.


Como nas edições anteriores, o Centro de Comando e Controle Móvel ficará estacionado na Avenida Atlântica, esquina com a Rua República do Peru, ligado ao Núcleo de Videopatrulhamento com acesso às câmeras da Prefeitura, dando mais agilidade no flagrante e coerção de delitos.


A operação contará ainda com agentes do Grupamento de Cães de Guarda (GCG) atuando no entorno das estações do metrô Siqueira Campos e Cardeal Arcoverde, em ação preventiva de patrulhamento e em apoio ao público, com o foco na promoção da sensação de segurança.


Também serão montadas cinco tendas operacionais, que ficarão instaladas na altura da Avenida Princesa Isabel, ruas Rodolfo Dantas, Paula Freitas e Santa Clara, e em frente ao Posto 2, para dar suporte ao Grupamento Especial de Praia e Marítimo (GPM), que fará rondas na faixa de areia.


Todas as mercadorias apreendidas serão colocadas em caminhões baseados em Copacabana e depois encaminhados para o depósito público, dando agilidade no serviço operacional.


As equipes do Grupamento Especial de Trânsito farão a implantação e o monitoramento dos pontos de bloqueio. Os guardas municipais também ficarão responsáveis pela implantação dos bloqueios na área de lazer, fiscalização da proibição de estacionamento na Avenida Nossa Senhora de Copacabana e a fiscalização e o monitoramento das estações do metrô. Os agentes vão monitorar também pontos estratégicos no Parque do Flamengo e Enseada de Botafogo e Ipanema para fiscalizar o estacionamento de ônibus fretados.


Os agentes do programa BRT Seguro irão atuar para combater à evasão, atos de vandalismos, a não permanência de ambulantes irregulares e o acolhimento às pessoas em situação de rua. As ações serão feitas com viaturas caracterizadas com direcionamento e patrulhamento de efetivo exclusivo que além da cobertura nos corredores Transoeste, Transcarioca e Transolímpica.



Commentaires


bottom of page