top of page

Peça de teatro revive Domingo Sangrento de São Petersburgo em palco carioca


(Foto: Mauro Kury)

Um teatro na São Petersburgo de 9 de janeiro de 1905, o Domingo Sangrento, é cenário da peça “Neva”, em cartaz na Fundição Progresso - Espaço Armazém. Na encenação, um ator e duas atrizes se encontram para ensaiar e, sem querer, acabam se abrigando do massacre que acontece nas ruas e que viria a ser o estopim da revolução que, posteriormente, ocorreria naquele país. A temporada segue até 18 de dezembro às sextas e aos sábados, às 20h, e aos domingos, às 19h, e os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do espaço ou no Sympla.


Essa versão cênica, de Paulo de Moraes, leva aos palcos a obra prima do dramaturgo chileno Guillermo Calderón. Uma das pessoas trancadas no teatro representado na encenação é Olga Knipper (Patrícia Selonk), primeira atriz do famoso Teatro de Arte de Moscou e que foi casada com o dramaturgo russo Anton Tchekhov. Sentindo-se incapaz de representar, depois da morte do marido por tuberculose seis meses antes, e na tentativa de seguir vivendo – enquanto lá fora a cidade desaba –, Olga instiga Masha (Isabel Pacheco) e Aleko (Felipe Bustamante) a encenarem repetidamente junto com ela a morte de Tchekhov.


A partir desse desassossego, entre incertezas artísticas e embates políticos, a pergunta que mais se impõe é “para que serve o teatro?”. Com um humor feroz, Calderón descreve uma Rússia conflagrada politicamente no início do século XX, mas reflete sobre o seu Chile da década de 1970 e, talvez, sobre o Brasil desses anos obscuros, tempos onde “tudo o que tem água está congelado, inclusive os homens”. A discussão proposta pelos personagens oscila entre a afirmação da absoluta necessidade da arte e da sua total irrelevância.


Serviço: “Neva” | Local: Fundição Progresso – Espaço Armazém (Rua dos Arcos, 24 - Lapa) | Temporada: até 18 de dezembro, sextas e sábados, às 20h; e domingos, às 19h (não haverá apresentação nas semanas de 2 a 4 de dezembro e de 9 a 11 de dezembro) | Venda na bilheteria do Espaço Armazém (uma hora antes das apresentações) ou pelo site www.sympla.com.br/armazemciadeteatro | Capacidade de público: 107 lugares | Ingresso: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada) | Classificação: 14 anos | Duração: 80 minutos | Drama

コメント


コメント機能がオフになっています。
bottom of page