top of page

Galpão das Artes da Comlurb lança exposição com obras das famílias Branco e Branquinho


(Foto: Divulgação)

Quatro artistas visuais de duas gerações, das famílias Branco e Branquinho, pais e filhas, apresentam suas obras na exposição Gerações – Visões artísticas, no Galpão das Artes Urbanas da Comlurb. JC Branquinho expõe esculturas criadas com raízes e galhos de árvores, e quadros em baixo relevo geométricos feitos com chapa de alumínio repuxado. Sua filha, Moema, mostra composições com diversos materiais como cacos de vidro, louça, tijolos, vidro derretido, azulejos, pastilhas, pets e recicláveis incrustados em argamassa e resina criando mosaicos contemporâneos.


Já DiBranco e a filha Bianca Branco expõem quadros e artesanatos criados com vários tipos de materiais, trabalhos de pintura e escultura com inspiração na cultura brasileira e na natureza. DiBranco, 79 anos, é artista plástico autodidata, paraense que mora no Rio desde os 10 anos e que vive em Maricá desde 1973. Pai de cinco filhos, sendo duas artistas plásticas. DiBranco foi um dos fundadores da Feira Hippie de Ipanema. A filha, Bianca Branco, também autodidata, é carioca e tem 54 anos. Moradora de Maricá, tem um ateliê no bairro da Lapa, centro do Rio, onde trabalha com pinturas com a reutilização de materiais.


JC Branquinho é um escultor autodidata nascido em Portugal em 1936. Chegou ao Brasil em 1961, onde frequentou como aluno livre a Escola Nacional de Belas Artes. Foi quando começou a trabalhar com chapas de cobre, além de executar obras com sucata de ferro e solda elétrica, concreto armado e madeira. A filha Moema nasceu em 1964. É formada na École Nationale Supérieure des Beaux-Arts de Paris, de 1987 a 1993, especializou-se na área do Mosaico Artístico. Fez curso com o pai e também com a mãe, a pintora alagoana Maria Teresa Vieira. Já expôs suas obras na França e Itália. Desde 2008, faz parte do corpo docente do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Santa Úrsula.


A exposição vai até 11 de outubro, com entrada gratuita.


Serviço:

Gerações – Visões artísticas

Visitação: até 11 de outubro, de segunda a sexta, das 9h às 17h

Local: Galpão das Artes Urbanas/Comlurb

Endereço: Rua Padre Leonel Franca, s/no – Gávea

(sob o Viaduto Lagoa-Barra, em frente ao Terminal Rodoviário da PUC)

Entrada: Gratuita

Commentaires


Les commentaires ont été désactivés.
bottom of page