Festa em Copacabana alegra a Páscoa de crianças em tratamento contra o câncer


Uma grande festa no dia 13 de abril fez a Páscoa de crianças com diversos tipos de câncer mais feliz. Atividades variadas ofertadas no 3º Grupamento Marítimo (Gmar) proporcionaram entretenimento aos pequenos atendidos pela Associação dos Amigos da Infância com Câncer (Amicca), que, nessa edição, brincaram na companhia dos integrantes do grupo Herois do Amor, composto por pacientes mirins com condições neurológicas.


Desde a chegada, muitos participantes aproveitaram o calor para se divertir no mar no Posto 6, mas foi a recreação que fez muito sucesso. Personagens como Batman, Homem Aranha, Bela, Fera, Mario, Pikachu, entre outros, fizeram a alegria da criançada. A chegada de jet ski do Coelhinho da Páscoa, que distribuiu ovos de Páscoa, caixas de bombom e balas para todas, as surpreendeu – anteriormente, ele já tinha interagido com a criançada reproduzindo danças do aplicativo TikTok com elas e entregando outras guloseimas. Houve ainda brinquedos infláveis, atividades como pinturas na pele e muito mais.


“Está excelente! A festa ajuda no tratamento das crianças. Não é só sofrimento: elas merecem um dia de alegria. Estão aqui esquecendo dos problemas, junto com as mães”, observa Marilza Lima Pombo, responsável por Igor Cauã, que se divertia. “Está muito maneiro! As crianças estão felizes, o que é muito gratificante”, complementou Carlos Henrique, voluntário que acompanhava a menina Maria Eduarda, que era só sorrisos durante o evento inteiro: “Ela já fez tatuagem colorida, origami, nadou…”. Por sua vez, o pequeno Davi, filho de Joice Araújo, chegou a ficar exausto de tanto brincar: “Ele andou de jet ski, foi na água e agora que almoçou, está até mole de cansaço”.

“A festa da Amicca é muito tradicional aqui no quartel. O comando geral apoia ações sociais. As crianças são nosso futuro e aqui elas esquecem das condições delas, assim como as famílias. É um momento para se revigorarem e recarregarem energias. Nada melhor que fazer isso em um quartel de herois. O principal é deixá-las com um sorriso. Meu coração hoje sai preenchido”, destaca o comandante da unidade, Ten. Cel. BM Renato Grigorovski. Foi a segunda edição sob sua gestão: a primeira, no Natal, marcou a retomada após a pandemia. “O comando sempre muda, mas queremos deixar esse legado para os bombeiros. A gente junta forças, todo mundo aqui é voluntário. A festa foi feita em 13 dias”, complementa um dos idealizadores, Sub. Ten. Ricardo, exaltando a união de todos.


A festa, chamada Grãos de Gratidão, é realizada há sete anos. “O grupo Ajude A Me Ajudar cedeu trenzinho de lanches, doces, brinquedos…”, conta uma das organizadoras, Susana Madruga, mencionando um dos apoios recebidos. O evento contou ainda com doações do Clube Marimbás, que forneceu o almoço; da Ribeirinho Pizzas, que serviu fatias durante todo o evento, das assessorias esportivas Equipe 15 e Esquilo Sports Club, que ofereceram tendas para as crianças se abrigarem do sol; da Liga da Bagunça, que cedeu brinquedos infláveis; do Ateliê Lolô Doces, que doou 250 ovos de chocolate; da Mello & Madruga Soluções de Marketing, que promoveu a festa com apoio do 3º Gmar e da base de operações aéreas da Lagoa.