Conheça quatro atividades de musicoterapia para praticar em casa


Que a música faz parte do nosso dia a dia em festas, no carro, no banho, até no consultório nós já sabemos. Mas você sabia que ela serve como terapia e ajuda pacientes neurológicos a melhorar aspectos como fala, coordenação e equilíbrio? De acordo com a musicoterapeuta do Centro de Excelência em Recuperação Neurológica (CERNE), Giovanna Balzer, a musicoterapia, como o próprio nome já diz, utiliza a música como forma de tratamento. “É uma técnica que trabalha a saúde utilizando formas diversas de aprendizado através da música, melhorando a saúde física e mental dos nossos pacientes”.

Abaixo você confere quatro exercícios complementares que podem ser feitos em casa para auxiliar no tratamento:

Cantado suas músicas favoritas: Cantar auxilia na expressão verbal e de sentimento, fluência e prosódia da fala. No canto, você consegue trabalhar respiração, articulação e expressividade. Escolha sua música favorita e solte a voz!

Tocando um instrumento musical: Tocar um instrumento musical auxilia na coordenação motora ampla e fina, além de auxiliar na precisão dos movimentos. Para aquelas pessoas que não tem um conhecimento musical prévio, um musicoterapeuta pode auxiliar na execução de atividades com instrumentos musicais.

Andando no ritmo da canção: Escolha uma música com um ritmo bem -marcado e caminhe acompanhando a canção. Andar no ritmo da música auxilia na iniciação da marcha e equilíbrio, ajuda nas demandas atencionais e no planejamento motor.

Ouvindo música: Ouvir música – seja ela ao vivo ou gravada – é uma ótima opção indicada à pacientes que precisam desenvolver suas habilidades de atenção e receptividade. A audição musical promove o relaxamento, e estimula os sentidos.

Para finalizar, Giovanna lembra que essas são algumas sugestões de atividades com música para serem realizadas em casa, e que as mesmas não substituem o acompanhamento com o profissional. “O acompanhamento do musicoterapeuta é fundamental, pois é ele quem irá desenvolver o tratamento de acordo com a necessidade de cada indivíduo e auxiliar na execução”.