Clínica da Cidade inaugura unidade em Copacabana

Informe publicitário

Segundo o IBGE, quase 65% da população, ou seja, mais de 133 milhões de habitantes, não tinham planos de saúde antes da pandemia, e com a crise econômica gerada pelo agravo sanitário, 26% dos usuários de convênio, deixaram de pagar por questão de prioridades nas finanças familiar, segundo sondagem do Instituto Locomotiva. Isso comprova o quanto o brasileiro passou a precisar mais do Sistema Público de Saúde ou de consultas particulares, que normalmente são de alto custo. Diante desta lacuna deixadas pelos últimos acontecimentos, a Clínica da Cidade (www.clinicadacidade.com.br), que nasceu com o propósito de levar medicina acessível para toda a população brasileira, traz ao Rio de Janeiro uma segunda unidade, desta vez na em Copacabana, um dos bairros que mais sofreram com a atual crise. A rede já conta com uma unidade em operação, desde março, na Tijuca.


A nova inauguração da marca na Cidade Maravilhosa é direcionada a todos os moradores que não querem depender de plano de saúde e ou que não querem utilizar o sistema público, principalmente por conta da demora no atendimento e marcação de exames. Com esse serviço, o cliente terá assistência médica sem mensalidade, sendo necessário pagar apenas o que for utilizado.


“A Clínica da Cidade é medicina para todos, independente da classe social. Nosso conceito atrai pacientes que buscam atendimento médico, de modo pontual, conveniente e personalizado, em clínicas particulares completas, com excelente estrutura e conforto, aliado a um visual merchandising moderno, diferente de tudo que é oferecido atualmente na área da saúde. Temos uma missão clara que é democratizar o acesso à saúde”, diz Rafael Teixeira, CEO e cofundador da Clínica da Cidade. 

  

A nova clínica conta com mais de 20 especialidades médicas, salas de exames e ponto laboratorial. As consultas custam a partir de R$95, entre mais de 20 especialidades e 3 mil exames laboratoriais, ultrassom, oftalmológico, exames cardiológicos e muito mais.


“Os moradores de Copacabana e bairros próximos podem esperar por uma assistência médica completa, com equipamentos de ponta, qualidade e agilidade no agendamento de consultas e exames. O paciente conseguirá agendar online, por meio do site da Clínica da Cidade, através da Central de Atendimento e WhatsApp, no mesmo dia ou na mesma semana. Também poderá contar com pacotes de ‘check-ups’ que incluem consulta, exames e retorno dentro de 21 dias”, destaca Teixeira.


Para os interessados em empreender


A Clínica da Cidade conta com os modelos tradicionais de investimentos para cidades acima de 150 mil habitantes, como o Essential, que pede capital inicial a partir de R$ 636 mil para ter uma estrutura de 160m²; Select que exige R$794mil com 220m² e, o modelo Premium, R$973 mil com 310m². Para cidades menores, hoje conta com o modelo “Start”, sendo inaugurado no Expo Franchising ABF Rio 2021, umas maiores do setor de franquias do país nessa semana.


“Continuaremos apostando nas infraestruturas maiores para sediar de 5 a 8 consultórios, as mais diversas especialidades médicas, salas de exames e ponto laboratorial, em capitais como o Rio de Janeiro. Além de Copacabana, a Clínica da Cidade inaugura nos próximos dias, em Niterói, e, ainda neste ano, deve abrir novos centros clínicos em Botafogo, e, no próximo ano, no Méier. Em municípios vizinhos como, São Gonçalo, também há unidade franqueada da rede em processo de implantação, o que reforça que sempre há espaço e oportunidade para os cariocas que buscam investir em algo no segmento.


“O objetivo da rede é estar em todas as capitais e cidades brasileiras, a fim de democratizar o acesso à saúde no País, para quem não tem convênio ou para aquele que busca atendimento particular a preço acessível. Só no Rio de Janeiro esperamos abrir um total de 20 unidades, nos próximos dois anos, totalizando mais de R$12 milhões de investimento em saúde para o estado carioca”, revela o executivo. 


Sobre a Clínica da Cidade foi fundada, em 2003, pelo casal José Carlos Teixeira / Cláudia Teixeira e, filho, Rafael Teixeira, em Campinas. A rede segue com proposta inovadora de levar “medicina acessível” a toda a população brasileira. A rede já tem presença em 10 regiões brasileiras, dentre elas Rio de Janeiro (RJ), São Luiz (MA), Fortaleza (CE), Lauro Freitas-Salvador (BA), Maringá (PR), Teresina (PI), Manaus (AM), Belo Horizonte- Contagem (MG) e Palmas (TO), além de São Paulo, capital e interior. Mais informações em www.clinicadacidade.com.br


Av. Nossa Senhora de Copacabana, 426 | Central de Atendimento : (21) 3082-3383

2ª a 6ª: das 7h30 às 18h | Sábado: das 7h30 às 12h

Mais informações em: www.clinicadacidade.com.br