Centro Cultural Banco do Brasil apresenta espetáculo com repertório de Pixinguinha


Sexteto do Nunca (Foto: Marília Figueiredo)


O Centro Cultural Banco do Brasil apresenta a partir de março uma seleção de 26 obras inéditas de ninguém menos que o genial Pixinguinha, um dos músicos mais completos que o Brasil já produziu. O espetáculo "Pixinguinha Como Nunca" ocupa o CCBB Rio de Janeiro nos dias 23 e 30 de março e 6 de abril, com direção do ator e cantor Marcelo Vianna, neto de Pixinguinha, direção musical e arranjos do músico, produtor e pesquisador Henrique Cazes e direção executiva de Lilian Barretto. O projeto tem patrocínio da BB Seguros.


Henrique Cazes, com seu cavaquinho, estará à frente do Sexteto do Nunca, conjunto instrumental completado por Marcelo Caldi (sanfona), Carlos Malta (flauta e sax), Silvério Pontes (trompete e flugelhorn) Marcos Suzano (percussão) e João Camarero (violão de 7 cordas). Em participação especial, Marcelo Vianna. Antes do segundo espetáculo, no dia 30 de março, haverá um bate-papo com os músicos sobre o modo composicional de Pixinguinha e como os arranjos foram pensados para quais instrumentos.

“Os arranjos dão ênfase à perene modernidade do gênio do choro”, explica Cazes, que procurou contemplar a grande riqueza rítmica da obra de Pixinguinha na escolha do repertório. A seleção das obras inéditas que estão no programa do espetáculo segue a panorâmica de gêneros que Pixinguinha abordou. Choro, samba, polca, tango, o choro mais dolente, todo um arco com as composições dos anos 1910 até 1970. “Há uma valsa inspiradíssima no repertório, Paraibana, escrita por Pixinguinha pouco antes de morrer, em 1973. E as peças inéditas escritas em 1920 para a revista teatral Flor tapuya (com letras de Danton Vampré e Alberto Deodato) mostram um insuspeito Pixinguinha com sotaque nordestino”, detalha Cazes.

A descoberta das inéditas é o resultado de uma cuidadosa pesquisa no acervo do compositor, encampada no ano 2000 pelo Instituto Moreira Salles, que se somou em 2017 à varredura no material em posse de outros compositores e instrumentistas. O resultado trouxe à luz mais de 50 músicas jamais gravadas – algumas, apenas tocadas em transmissões radiofônicas.


Depois de passar pelos CCBBs São Paulo (17 a 19/3) e Rio, o espetáculo Pixinguinha Como Nunca segue em turnê pelas unidades de Brasília (de 01 a 03/04) e Belo Horizonte (29 e 30/04 e 01/05).


Programa

· Abertura (versos de Moacyr Luz sobre fragmentos de Pixinguinha)

· Lembro-me do passado (Pixinguinha) polca choro

· Choro nº 7 (Pixinguinha)

· Choro em Fá maior (Pixinguinha)

· Para não te esquecer (Pixinguinha) choro canção

· Feitiço (Pixinguinha) samba

· Modo de Olhar (Pixinguinha)

· Jagunça (Pixinguinha) polca vagarosa

1º dia de show

· Modinha (Pixinguinha)

· Choro de “Um dia qualquer” (Pixinguinha)

2º dia de show

· Poética (Pixinguinha)

· Pato de Cabidela (Pixinguinha)

3º dia de show

· As harmonias do mocinho (Pixinguinha)

· Polca em Dó Maior (Pixinguinha)

· Paraibana (Pixinguinha) valsa

· ‪Pela última vez (Pixinguinha)

· Foge de mansinho (Pixinguinha) choro dolente

· No cacique do Armando (Pixinguinha)

· One Step (Pixinguinha)

· Do tango ao amor (Pixinguinha)

· Meu Coração (Pixinguinha / Danton Vampré / Alberto Deodato)

· Amor de sertaneja (Pixinguinha / Danton Vampré / Alberto Deodato)

· Caboclo lindo (Pixinguinha / Danton Vampré / Alberto Deodato)

· Saudades do Cafundá (Pixinguinha)

· Luiz tocando (Pixinguinha) maxixe

· Carinhoso (Pixinguinha-João de Barro) 1ª vez com letra inédita de Pedro Caetano, 2ª vez com letra de João de Barro


Serviço

"Pixinguinha Como Nunca"

CCBB Rio de Janeiro

Dias: 23, 30 de março e 6 de abril

Horário: 19h30

Bate-papo com os músicos: 30/3, às 18h

Ingressos: R$ 30,00 – inteira | $ 15,00 – Funcionários e clientes do BB, estudante, professores da rede pública, sênior acima de 60 anos

Vendas online: bit.ly/ccbbrjeventim

Duração: 60min

Capacidade: 155 lugares

Classificação indicativa: livre

Local: CCBB RJ – Teatro II

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 - Centro

Contato: (21) 3808-2020 / ccbbrio@bb.com.br

Acesso para portadores de necessidades especiais