top of page

Atrações turísticas do RJ recebem desfile de moda inclusiva para mulheres com deficiência


(Foto: Felipe Lessa | Equal Moda Inclusiva)

No próximo domingo, 12 de março, a Equal Moda Inclusiva promove o “Empodera!”, uma ação de FlashMobs com Desfiles Inclusivos, em diferentes pontos do Rio de Janeiro e Niterói. As apresentações têm como objetivo mostrar à sociedade que mulheres com deficiência existem, antes das suas deficiências, através dessa poderosa ferramenta de comunicação, autoestima e representatividade que é a moda. O público poderá participar do evento no Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor às 9h, em Paineiras-Corcovado às 9h30, no BioParque do Rio às 11h, no AquaRio às 12h, no Calçadão da Boa Viagem (Niterói) às 14h, na Praia das Flechas (Niterói) às 15h ou na Avenida Roberto Silveira (Niterói) às 16h.

O projeto acontece em parceria com a ONU Mulheres, o Instituto Lojas Renner e o Fundo Elas. E com o intuito de promover a sustentabilidade além da inclusão, as modelos usarão peças jeans de reuso, garimpadas em brechós, adaptadas para suas necessidades e transformadas através de upcycling com beneficiamentos de uma indígena com deficiência da etnia HuniKuin, do Acre.

Para encerrar a Semana Internacional da Mulher com chave de ouro, a ideia é naturalizar as relações entre pessoas com deficiência e a sociedade. Para isso, será distribuído ainda um manifesto composto por declarações individuais das participantes do projeto, a fim de gerar empatia por meio dessa ferramenta de inclusão. O roteiro com a previsão dos horários de chegada das modelos nos locais assim como transmissões ao vivo será disponibilizado no Instagram da marca: @equalmodainclusiva.

O “Empodera!” conta também com o apoio de marcas como o Grupo Cataratas, Santuário Cristo Redentor, AquaRio, Paineiras-Corcovado, BioParque do Rio, Associação Médica Fluminense, Bisturi Material Hospitalar Nittrans, Secretaria de Acessibilidade e Prefeitura de Niterói.

Neste ano, o Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor está vivendo o Ano da Inclusão, com ações para as pessoas com deficiência, inclusive na Moda. “Apesar de a moda trabalhar pela inclusão, a divulgação das marcas de moda que criam um design específico para habilidades de alguém ainda não é tão forte. Divulgar as marcas que pensam no design da moda adaptativa, para pessoas que precisam estar mais confortáveis em seus corpos e que, assim, ajudam a criar uma nova forma de ver a si mesmas, pode levar mais marcas a ampliar esse movimento na moda”, destaca a coordenadora do Núcleo de Moda e Style do Cristo Redentor, Alessandra Marins.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page