Nadadora Aline Rodrigues confirma classificação para os Jogos de Tóquio


Aline Rodrigues ao lado dos técnicos Marcelo Vaccari (à esquerda), Sérgio Marques e Felipe Umezawa

A equipe de natação Teknisa/Minas agora conta com sete nadadores classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A Federação Internacional de Natação (Fina) confirmou a classificação do revezamento 4x200m livre feminino do Brasil, que é formado pela minastenista Aline Rodrigues e por Larissa Oliveira, Nathália Almeida e Gabrielle Roncatto. Aline se junta ao time olímpico de natação do Minas, que conta com Beatriz Dizotti, Vinícius Lanza, Fernando Scheffer, Guilherme Costa e Bruno Fratus, representando a seleção brasileira, e com Julia Sebastian, que representa a Argentina.


As nadadoras brasileiras do revezamento fizeram a marca de 8m00s92 na Seletiva Olímpica de Natação, realizada em abril, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ). Com o tempo, a equipe terminou na quinta colocação na repescagem da Fina, mas, com a desistência da Grã-Bretanha, a equipe foi convocada para a disputa dos Jogos Olímpicos. Ao todo, o time de natação do Brasil para Tóquio conta com 26 atletas.


Aos 26 anos, Aline Rodrigues se prepara para disputar a sua primeira edição de Jogos Olímpicos. A nadadora se emocionou ao receber o comunicado oficial. “Recebi a notícia hoje de manhã, estava bem ansiosa por isso, já estava na competição, lá em abril, e depois só aumentou. Primeiro estava definido que sairia o comunicado em 31 de maio, depois passou para o dia 4, depois para o dia 11, e as pessoas me perguntando quando ia sair. A gente estava treinando já como se fosse. Em alguns dias eu me sentia muito feliz, pois sabia que a chance era boa, mas também ao mesmo tempo não estava confirmado, então em alguns dias eu parava, pensava e ficava apreensiva, era um frio na barriga que nunca acabava. Fiquei muito feliz e emocionada”, comemorou.


A nadadora do Teknisa/Minas também destacou o quanto evoluiu nos últimos anos, treinando no Clube. “Já estava muito feliz por tudo que eu tinha feito até aqui e agora estou ainda mais. Até porque em 2019, quando vim para o Minas, a situação era bem diferente. Em 2016, quando foi a seletiva para os Jogos do Rio, eu nadava os 200m livre, mas não tinha tanta chance igual agora. Quando mudei para o Minas, evoluí bastante, mas o sonho olímpico ainda era sonho. Com o tempo, tudo foi tomando cada vez mais forma e eu fui acreditando mais. Sabia que tinha que ser muito grata por tudo que já conquistei aqui no Minas, essa classificação é como uma cereja do bolo, mas sempre queremos mais”, afirmou Aline.


Nas próximas semanas, a nadadora minastenista seguirá a programação do time olímpico brasileiro de natação, que disputará competição na Itália, terá treinamento em Portugal e depois seguirá para o Japão, já para aclimatação para os Jogos Olímpicos.


Patrocinador: Teknisa

Siga as redes sociais oficiais da Natação do Minas: Facebook: /mtcnatacao Instagram: @mtcnatacao