Moradora de Copacabana, escritora abre inscrições para antologia


A moradora de Copacabana Priscila Santos tem se destacado no meio literário. Após iniciar sua carreira de escritora há menos de um ano, lançou seu primeiro livro e integrou três antologias, além de estar no processo de publicação do seu segundo título solo. Em paralelo, ainda coordena outra coletânea, com inscrições abertas.


“Comecei a escrever por causa da pandemia. Em 6 de junho, iniciei o primeiro livro, ‘O Amor Cura’”, conta Priscila, nascida e criada na Ladeira dos Tabajaras, jornalista por formação. O material narra a trajetória de uma estudante universitária que, perto da formatura, desdobra-se entre as preocupações comuns a essa fase da vida e o relacionamento com um estrangeiro, que conta com ela para superar seus medos. O título está disponível na plataforma Uiclap, que produz livros impressos conforme a demanda.


Após o êxito de “O Amor Cura”, a escritora escreveu outro título, ainda inédito. Chamado, por enquanto, de “Todos Os Clichês de Amor”, este deve ser lançado 2022. Nesse intervalo, a autora dedica-se a adquirir novos conhecimentos sobre a área, o que resultou em outras publicações. “Comecei a entrar em grupos de autores iniciantes e sempre surge um edital ou outro”.


Uma dessas seleções pedia um texto sobre um dia de verão. “Achei minha cara, escrevi e ele foi aprovado”, lembra, mencionando o livro “Dias de Sol”, lançado pela Editora Peculiar e comercializado no site da empresa. A partir dele, surgiu o convite para “Um Café Para Começar”, que faz parte do programa “Mochilão Literário Uiclap”, com viés beneficente: “A gente não recebe nada, todo o valor da venda é doado para alguma instituição de caridade. No caso deste, a escolhida foi a Casa Durval Paiva, que atua com crianças com câncer no Rio Grande do Norte”. Priscila ainda escreveu uma poesia, publicada na coletânea “Mulheres Maravilhosas” (disponível nos sites das Lojas Americanas e do Submarino), e mais outro conto recentemente aprovado para integrar “A Maldição do Tesouro”, também da Editora Peculiar. A data do lançamento ainda não foi divulgada.


A experiência a levou a ser convidada para organizar uma antologia, “No Escurinho do Cinema”, da Editora El, prevista para ser lançada no Dia dos Namorados. A seleção está aberta até 25 de maio e pode ser conferida em www.peculiareditora.com. O trabalho de Priscila pode ser acompanhado no Instagram @priscila_autoraa.