Coluna "Turismo": Bolívia (Salar de Uyuni)

(publicada na edição 505)

(Foto: Haceme un 14/Visualhunt.com)

Destino turístico que cada vez mais conquista os brasileiros, a Bolívia é capaz de surpreender visitantes desavisados através de sua cultura predominantemente indígena e de suas belas paisagens. Um lugar bastante procurado pelos visitantes que se aventuram pelo país é o Salar de Uyuni, localizado a 600 quilômetros da capital La Paz, quase na fronteira do sudoeste do país com o Chile, à beira do Deserto do Atacama. Uyuni é o maior e mais alto deserto de sal do mundo, podendo ser visto do espaço, com 10.582 quilômetros quadrados e a 3.652 metros acima do nível do mar.

(Foto: Ben Yi/pexels.com)

Segundo uma lenda Aymara (nome do povo indígena que habita a localidade), o Salar tem origem mítica, iniciada na crença de que as montanhas Tunupa, Kusku e Kusina (que rodeavam o território) eram divindades. Tunupa teria se casado com Kusku, que fugiu para ficar com Kusina. De luto, Tunupa chorou enquanto amamentava seu filho, e de suas lágrimas, misturadas ao leite, formou-se o Salar de Uyuni. Para alguns locais, o território deveria se chamar Salar de Tunupa, tão forte é a fé na história.

O visual encontrado pelos visitantes na maior parte do ano é semelhante ao de um grande mar branco, muito claro a ponto de incomodar os olhos – por isso, o uso de óculos escuros ajuda a apreciar a beleza local. Apesar da beleza única, é a temporada chuvosa que faz muito sucesso, já que forma um enorme espelho natural que, ao refletir o céu, transforma-o em algo infinito: é como se todos caminhassem pelas nuvens. À noite, as estrelas parecem abraçar os visitantes, enxergadas tanto no céu quanto na imagem no chão. É de tirar o fôlego.

(Foto: ExtremeAmbient/VisualHunt)

O passeio também inclui outras atrações em meio ao deserto como vulcões, lagoas, gêiseres e outras paisagens exploradas pelas agências de turismo que levam visitantes à região – a maioria dos turistas recorrem a elas devido às dificuldades em se deslocar pela região (mal sinalizada e sem internet) e as empresas incluem passeios, alimentação e hospedagem (em lugares simples) no pacote.


Consulte já os anunciantes do Jornal Posto Seis e agende já sua viagem.