Coluna "Turismo": Espírito Santo (Vitória e Vila Velha)

Já pensou em conhecer o Espírito Santo? Mesmo tão perto, os atrativos turísticos deste estado seguem desconhecidos para muitos cariocas. Que tal se programar para conhecer algumas daquelas cidades quando for seguro viajar?


A capital, Vitória, concentra atrativos diversos. Comece o roteiro pelo Centro Histórico, onde fica o imponente Palácio Anchieta, sede do governo capixaba. O prédio, que começou a ser construído em 1550, chama atenção por sua beleza. São oferecidas visitas guiadas gratuitas por ele, que teve seu interior modernizado, perdendo os aspectos históricos, mas o passado, desde quando o local era uma igreja e um colégio construído pelas jesuítas, é apresentado ao público. Aos fins de semana, é possível conhecer as áreas administrativas, e que ainda conservam o luxo do passado.

Palácio Anchieta, em Vitória (ES)
Palácio Anchieta

Perto dali, pode-se ir andando à Catedral Metropolitana, também muito bonita. Ao caminhar entre um endereço e outro, repare nas escadas adornadas que conectam as partes altas das baixas da cidade. Algumas, como a Maria Ortiz, são especialmente bonitas. Chegando ao templo religioso, repare bem em sua fachada, eclética, com influências neogóticas. Na parte interna, destacam-se os belos vitrais. Dedique um tempinho para visitar eles.

Catedral Metropolitana, em Vitória (ES)
Catedral Metropolitana

Vitória é também endereço de uma unidade do Projeto Tamar. A visita é irresistível: enormes tartarugas podem ser contempladas naquele endereço, que representa uma das mais bem sucedidas experiências de convervação marinha. Para tornar a experiência ainda mais rica, pergunte aos monitores sobre cada um dos animais. Eles os conhecem pelo nome, sabem suas histórias e seus hábitos. Aproveite para contemplar, dali, a bela paisagem da Baía de Vitória: aquele ponto é privilegiado pela beleza natural. Saindo de lá, é hora de conhecer outras das estrelas da região. Quase que em um terreno vizinho, o Projeto Baleia Jubarte visa informar sobre esta espécie, que visita o litoral capixaba em determinadas épocas do ano. Agende, no próprio endereço, seu passeio de contemplação, realizado no Abolhos capixaba.

Projeto Tamar em Vitória (ES)
Projeto Tamar
Baía de Vitória vista do Projeto Tamar, em Vitória (ES)
Baía de Vitória vista do Projeto Tamar
Projeto Baleia Jubarte, em Vitória (ES)
Projeto Baleia Jubarte

Vila Velha, no outro lado da ponte, também merece atenção. Ainda do caminho, o secular prédio do Convento da Penha destaca-se na paisagem. Não deixe de visitá-lo! Trata-se de um dos principais cartões-postais do estado e o destaque não é a toa: a construção, de 1568, encontra-se inteiramente preservada e ainda há usada como habitação, apesar de as áreas particulares serem fechadas ao público.

Convento da Penha, em Vila Velha (ES)
Convento da Penha
Convento da Penha, em Vila Velha (ES)
Convento da Penha
Convento da Penha, em Vila Velha (ES)
Convento da Penha

O convento fica perto do Morro do Moreno, que pode ser acessado por uma trilha indicada para todos os públicos. Local procurado por pessoas que buscam tanto relaxar quanto praticar alguma atividade radical. Aproveite os diversos mirantes, que podem ser contemplados já durante o caminho. No topo, que tal voar de parapente? A experiência é inesquecível! Procure um instrutor e agende com antecedência.


Quem não quiser se aventurar pode, após descer, visitar o Farol de Santa Luzia, que completa 150 anos em 2020, ainda em funcionamento constante. Perto da entrada, há uma sala dedicada à história dele: entre para conhecer. O espaço todo foi inteiramente reformado no fim de 2019, quando a estrutura foi melhorada para os visitantes, sem que as características originais se perdessem. Cada visitante só pode ficar 20 minutos no local, período suficiente para conhecer tudo e bater fotos lindas.

Farol de Santa Luzia, em Vila Velha (ES)
Farol de Santa Luzia
Paisagem vista do Farol de Santa Luzia, em Vila Velha (ES)
Paisagem vista do Farol de Santa Luzia

Vila Velha é também endereço da “Meca dos chocólatros” no Brasil: a fábrica da Garoto. Imagine visitar o espaço enquanto os chocolates são produzidos? Ainda da rua, o cheiro já é tentador, mas ao chegar, não vá imediatamente à lojinha. Aguarde o fim do passeio, quando geralmente é distribuído um voucher que concede desconto para compras no local. As visitas do chamado Chocotour devem ser previamente agendadas em www.garoto.com.br, onde as regras de vestimenta devem ser consultadas. Visite também o museu da empresa, no próprio endereço, e prepare-se para sair de barriga cheia quando for embora de lá.

Museu no interior da fábrica da Garoto, em Vila Velha (ES)
Museu no interior da fábrica da Garoto

Outro espaço imperdível é o Museu Vale, em uma antiga estação de trem, que ficava no fim da linha que vinha de Minas Gerais. Aquela estrada de ferro foi construída para atender a necessidade de escoar alguns produtos, como o café, e toda sua história está naquele espaço. A parte favorita de muitos visitantes é a enorme maquete, com 34m² (a maior do gênero no Brasil), reproduzindo a passagem do trem por 101 metros lineares de trilhos. Preste atenção em cada detalhe! Não é a toa que aquela é a sala mais visitada da instituição.

Museu Vale, em Vila Velha (ES)
Museu Vale
Museu Vale, em Vila Velha (ES)
Museu Vale
Museu Vale, em Vila Velha (ES)
Museu Vale

Poucos dias são suficientes para visitar Vitória e Vila Velha, mas o Espírito Santo possui muitos outros atrativos. As praias de Guarapari são as favoritas dos turistas, mas as de Marataízes têm de tudo para serem descobertas nos próximos verões, graças às suas falésias. A região serrana também faz sucesso, como o município de Domingos Martins, colonizado sob forte influência dos alemães, dos pomeranos e dos italianos, povos que deixaram suas marcas culturais e arquitetônicas na região, endereço também do belíssimo Parque Estadual da Pedra Azul. Há destinos para todos os gostos! Programe sua viagem e vá assim que for possível!