Coluna "Turismo": Escócia - parte 2

(publicada na edição 389)

Parte 1 | Parte 3

Olá amigos leitores da coluna Vamos com o Guia Valle! Vamos continuar nossa linda viagem pela Escócia? Depois de Chester, ainda em território inglês, nosso destino será a cidade de Glasgow, a maior cidade da Escócia e terceira mais populosa do Reino Unido. Mundialmente conhecida por sua produção industrial dos tradicionais uísques blended (mistura de malte e grão), ela é banhada pelo Rio Clyde e fica situada nas Lowlands.


Glasgow possui diversos museus, geralmente com entrada franca. Sua universidade, onde Adam Smith lecionava, é reconhecida como um dos melhores centros educacionais do mundo. A arquitetura moderna, parques (como o Glasgow Green e Kelvin Park), centros comerciais e os famosos pubs criam a atmosfera ideal para alguns pernoites.


A cidade oferece diversos pontos turísticos. Nosso tour começa na famosa Praça George Square, onde fica a Câmara Municipal. A partir daí iremos para a Catedral, passamos pela cervejaria Tennent, o Parque Green, St.Enoch, a estação central, a região do porto que inclui o Glasgow Science Centre e Scottish Exhibition and Conference Centre, o Museu Riverside, a região da Universidade de Glasgow, onde está localizado o Kelvingrove Art Gallery e Museo, vários restaurantes e pubs e o Jardim Botânico.


Reserve uma tarde para passear pelo Buchanan Quarter, a mais badalada e chique região da cidade para compras e também onde está localizado o Royal Concert Hall. Aos que gostam de shopping center, o Buchanan Galleries é uma ótima opção.


Para quem tem um pouco mais de tempo para conhecer melhor essa região, vale muito a pena ir para as cidades de Tarbet, Inveraray e Oban, onde existe uma das mais famosas destilarias de Single Malt (uísque produzido apenas de cevada maltada em uma única destilaria). Oban é uma pequena vila pesqueira, porta para a região das Isles. Além de muito típica, você poderá fazer uma visita na destilaria para começar a conhecer a produção da “água da vida”, como os escoceses chamam o uísque.


Bem, chegamos ao fim dessa nossa parte do tour. Nossa próxima etapa nos levará para a cidade de Inverness, a capital das Highlands, onde estão localizados os lagos, incluindo o Ness, famoso pela monstra Ness (isso mesmo, é uma menina), os passeios pelas montanhas e diversas destilarias. Então, fiquem preparados para a próxima edição do Jornal Posto Seis e não esqueçam: se for viajar, dê preferência aos anunciantes do jornal, pois são eles que permitem que você tenha graciosamente essa coluna quinzenalmente. Até lá!


Dicas:

• Em Glasgow procure se hospedar próximo da Praça Gerorge Square, pois é lá que tem movimento, principalmente a noite.

• Como estamos fazendo esse tour de trem, verifique bem qual a estação de seu próximo embarque já que existe a Central Station, a Queen Station e a Argyle Station.

• A fabricação de uísque é dividida em quatro regiões na Escócia: Lowland, Highland, Speyside e Islay. Nossa viagem foca as áreas Lowland e Highland. Na última parte do roteiro comentarei mais sobre as destilarias mais próximas do nosso tour.

• Aos amantes da cerveja, sugiro conhecerem a maior cervejaria da Escócia, a Tenent's. Por lá, oferecem um tour de 90 minutos para você conhecer todo o processo de fabricação. A fábrica fica na Wellpark Brewery, 161 (próximo a Catedral). É interessante reservar através do emal bookings@tennentstours.com

• Na cidade existe a facilidade de city-tour através dos ônibus de dois andares do estilo Hop on Hop off, ou seja, você entra e sai do ônibus em qualquer parada.